Mensagem do dia 04 / 04 / 2016: Vida em comunidade

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:18-20

Você pode dizer que é plenamente feliz? Mesmo que tudo em sua vida esteja dando certo, você tenha saúde, esteja com suas finanças em ordem, sua família estando bem, ao olhar ao seu redor você pode dizer que há felicidade ao seu redor? As pessoas cada vez mais pensam em olhar somente para o seu próprio umbigo, não se importam com as outras, não as ajudam, não se preocupam com o que elas possam estar precisando naquele momento... Alguns com muito dinheiro, ostentando e literalmente jogando dinheiro fora, enquanto outros na beira da miséria e da necessidade. Quanta diferença do que Deus pretendia para com os seus! Quando a igreja primitiva se formou, após a ressurreição de Jesus, não haviam regras, nem estatutos, o que imperava entre as pessoas era a comunhão, a ajuda que uns davam para os outros! Ceiavam juntos, esperavam uns pelos outros. Seus bens eram todos divididos em comunidade. Ninguém passava por necessidades. Todos se preocupavam com o bem do próximo, muito ao contrário do que acontece hoje em dia, onde cada um só pensa em si mesmo! Hoje pode parecer utópico um ambiente assim com tanta ajuda entre as pessoas, com tanta comunhão, mas é exatamente o que acontecia naquela época, uma comunidade que crescia em sabedoria e ajuda mútua, em comunhão com o Senhor, compartilhando da palavra que haviam ouvido, das coisas que haviam presenciado, dos milagres, das ressurreições, das curas. Isto tudo demonstrando que o Espírito de Deus estava entre as pessoas, e hoje ainda está! Jesus prometeu que iria subir aos céus mas deixaria o seu Espírito para nos consolar, nos ajudar, nos intermediar em nosso acesso ao Senhor! Nós não poderemos ser realmente totalmente felizes neste mundo, mas o seremos na vida eterna pois lá não haverá choro. Por enquanto tentemos viver como o Senhor quer que vivamos, em comunhão uns com os outros e com o Criador!

 

Mensagem do dia 09 / 04 / 2016: Confiar somente em Deus

O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria, será salvo. Provérbios 28:26
É melhor confiar no Senhor do que confiar no homem. Salmos 118:8

Numa série do Netflix há um documentário sobre como trabalha o cérebro do homem, e da mulher. E esse documentário mostra como o cérebro vive nos enganando o tempo todo, pois ele na realidade não consegue fazer perfeitamente duas coisas ao mesmo tempo, ele sempre foca na principal, deixando a secundária em segundo plano. Um rapaz ciente disso acaba tirando de seu interlocutor, vários de seus pertences, apenas fazendo-o focar em outras coisas enquanto conversa. E ao final da conversa o rapaz que teve as coisas subtraidas de seu poder, se espanta em como não percebeu esta subtração.
Mas com todas essas falhas no cérebro humano, como pode o homem confiar totalmente em si mesmo? Realmente não dá para confiar com um cérebro limitado nestes aspectos. O problema do homem está em confiar demasiadamente em si mesmo! Ao invés disso deveria confiar realmente e totalmente no Senhor, Ele sim não falha, sabe tudo, é onisciente, onipresente e onipotente! Como diz o salmista, é melhor confiar no Senhor do que no homem. A confiança é algo duro de se conquistar mas que pode se perder facilmente. Quem já não confiou em alguém e depois por algum motivo perdeu totalmente a confiança? Isso é muito comum de acontecer, quando se confia numa outra pessoa. Mas com Deus a situação é diferente, Nele podemos confiar plenamente!

 

Mensagem do dia 21 / 04 / 2016: Jesus está no nosso barco?

E, naquele dia, sendo já tarde, disse-lhes: Passemos para o outro lado.
E eles, deixando a multidão, o levaram consigo, assim como estava, no barco; e havia também com ele outros barquinhos.
E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia.
E ele estava na popa, dormindo sobre uma almofada, e despertaram-no, dizendo-lhe: Mestre, não se te dá que pereçamos?
E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança.
E disse-lhes: Por que sois tão tímidos? Ainda não tendes fé?
E sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros: Mas quem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?
Marcos 4:35-41

Muitos dos discípulos eram pescadores e homens já acostumados ao mar, e às suas tempestades. Mas naquele dia a tempestade e os ventos erão tão fortes que eles estavam achando que pereceriam, e que aquele pequeno barco iria naufragar com toda a certeza.
Mas Jesus dormia tranquilamente na popa do barco sem notar o que estava acontecendo ao seu redor.
Seus discípulos já desesperados foram para junto de Jesus e O acordaram, muito assustados e demonstrando grande pavor.
Jesus levantou-se e disse simplesmente para o mar sossegar, e uma grande bonança sucedeu-se imediatamente!
E aqueles homens que andavam com Jesus o tempo todo, e já tinham visto muitas coisas inacreditáveis acontecerem, se maravilharam mais uma vez com o poder do Mestre.
O que Jesus quis ensinar a eles e a nós naquela ocasião? Jesus estava no barco, eles não tinham o que temer!
Jesus hoje está na nossa vida, no mesmo barco que estamos, então nós também não temos o que temer! Ele é o nosso descanso, o nosso porto seguro. Antes de Jesus acalmar o mar, eles estavam com medo de morrer, de naufragarem, mas, depois ficaram com temor de Jesus.
Quem é este que faz o mar se acalmar? Que faz os ventos pararem imediatamente?
A ficha na mente dos discípulos começava a cair, eles começavam a ter a noção exata de quem era aquele homem que os ministrava. Jesus é Deus em pessoa, tem todo o poder nesta terra. É o verbo, a palavra de Deus que age, e transforma, que cria coisas, que criou o universo, os astros e as estrelas, o princípio e o fim, o alfa e o ômega, que organizou o caos que era a terra e a deixou de uma maneira habitável ao homem, demonstrando todo o seu amor pela sua criação máxima, colocando os vegetais, os animais, enfim a natureza e tudo o que nela há. Jesus acalmou o mar, mas Ele quer principalmente nos acalmar, e fazer com que nós tenhamos a certeza, a fé de que Ele está no nosso barco, na nossa vida, e por isso o mal não pode nos alcançar se não for da vontade Dele. Não importam as circunstâncias ao nosso redor, se Jesus está conosco não temos por que nos preocupar e nos amedrontar.
Simplesmente temos que confiar, pois Jesus acordará na hora certa e nos abençoará!

 Veja mais ministrações e vídeos neste site

Projeto e Manutenção do Site

clauco@terra.com.br

Volta para página inicial