Mensagem do dia 03 / 12 / 2013: Jesus sempre existiu e veio à terra

No princípio criou Deus o céu e a terra.
E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.
(Gênesis capítulo 1, versículos 1 e 2)
E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. (Gênesis capítulo 1, versículo 26)
E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade. (Miquéias capítulo 5, versículo 2)
Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. (João capitulo 10, versículo 17)

Quando Deus criou o mundo e tudo o que nele há, através de sua palavra poderosa, como descreve Gênesis, o Espírito de Deus se movia sobre as águas. A trindade já existia, como sempre existiu. Deus criou o homem "à nossa semelhança", Jesus já estava com Deus na criação! Ele é o alfa e o ômega, não tem princípio nem fim! Nós comemoramos o Natal, como se fosse o nascimento de Jesus, e até na data errada historicamente falando, mas não comemoramos o nascimento de Jesus, pois Ele sempre existiu, o que comemoramos é a sua chegada aqui a esta terra, vindo de uma forma quase normal, da barriga de uma mulher virgem, mas gerado pelo Espírito Santo de Deus e não de um simples homem como José. Algo humanamente impossível de se explicar e compreender. É o lado divino interferindo no lado humano, no sistema natural de nascimento de um homem. O homem havia pecado no jardim do Éden, e decaido que estava precisava de uma salvação, de um salvador. Deus então interfere na sua história, colocando seu próprio Filho, Jesus, para mostrar ao homem como ele deve viver! O Criador entra em nosso mundo para viver como se fosse um de nós. Jesus tinha fome, frio, alegrias, tristezas, como um homem normal. Jesus começa a existir na nossa dimensão para mostrar ao homem o que é que agrada ao Criador! Jesus saiu de sua majestade lá nos céus, para viver entre nós. Nasceu numa manjedoura de um estábulo, não em um hotel de luxo e cheio de serviçais, mas em meio à simplicidade. Belém, a pequena entre as milhares de Judá, foi escolhida para que Jesus viesse em forma de homem. Veio para se entregar de vontade própria para salvar os homens. Deixou-se prender na hora que poderia ter sido preso. Em tantas e tantas passagens os guardas vieram para prenderam, mas ele passou pelo meio deles, pois não era chegada a hora! Deus tinha a hora certa para que o sacrifício perfeito ocorresse, nenhum homem poderia alterar essa hora, somente Deus controlava o momento e o local em que esse fato ocorreria. Jesus mesmo disse que dava espontaneamente sua vida em sacrifício para salvar os homens. Ninguém O poderia controlar, Ele estava fazendo a vontade do Pai, e por isso o Pai o amava.

 
Mensagem do dia 05 / 12 / 2013: Honra e desonra

Porventura envergonham-se de cometer abominação? Pelo contrário, de maneira nenhuma se envergonham, nem tampouco sabem que coisa é envergonhar-se; portanto cairão entre os que caem; no tempo em que eu os visitar, tropeçarão, diz o Senhor. (Jeremias capítulo 6, versículo 15)
Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade.
(2 Timóteo capítulo 2 versículos 15 e 16)
Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. (Romanos capítulo 1, versículo 16)

O homem sempre quer o melhor para si, ninguém quer ficar mal e ter necessidades por exemplo. Mas são nos momentos em que temos problemas é que nos achegamos mais a Deus, o buscamos mais e procuramos estar em comunhão com o Senhor. Jesus suportou a cruz, pois viu que o plano que o Pai lhe propora dera certo, e a palavra do Senhor estava plantada no coração dos homens. Jesus passou por uma situação injusta e vergonhosa. O povo gritava crucifica-o. Jesus se fez maldito no nosso lugar e não fez caso de passar toda essa vergonha, e sofrer toda essa injustiça.
Quando uma pessoa passa por um problema, as pessoas ao redor tendem a dizer que ela está em desonra, em opróbrio. Mas o próprio Jesus passou por uma grande desonra! Só que toda aquela sua situação veio do plano de Deus!
Paulo também passou por muitos momentos de vergonha: prisões, chibatadas, torturas. Tinha titulo romano e cidadania romana, e mesmo assim começou a ser perseguido por ser cristão. Entretanto ele dizia em suas epístolas que não se envergonhava de nada do que tinha lhe acontecido!
O homem procura estar em honra com Deus, mas será que isso é certo? Procura fazer boas coisas, praticar o bem para ficar em honra com Deus. Mas será que isso não é procurar ter glória para si mesmo? Na verdade o que distancia o homem do Criador é o pecado que ele comete, e isso é que deve ser evitado. Se estamos realmente com Deus, não devemos nos envergonhar de nada, assim como Jesus não se envergonhou com nada do que lhe aconteceu! Estar no plano de Deus não é uma desonra!
Ter dinheiro não é uma honra, e não tê-lo também não significa estar em desonra. Rico e pobre se gloriem naquilo que não tem! O pecado e o seu consequente peso é que é uma desonra! Agora quem anda na luz do evangelho, procura orar, estudar a palavra de Deus, e portanto tenta andar longe do pecado, nada fazendo para sua própria glória mas para o Senhor, esta é a verdadeira honra, abrirmos mão daquilo que fazemos de errado para estar com Deus!
Que não nos sintamos desonrados por uma prova que o Senhor está permitindo que passemos. A não ser que estejamos num caminho errado, aí sim devemos nos envergonhar e mudarmos de caminho!
 
Mensagem do dia 09 / 12 / 2013: Alegres sempre

Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. (Filipenses capítulo 4, versículo 4)

Regozijai-vos significa alegrai-vos. Paulo neste verso escrito aos Filipenses nos exorta a estarmos sempre alegres. O problema é a palavra sempre que parece destoar. Quando uma pessoa está feliz, com tudo acontecendo às mil maravilhas, é fácil seguir essa recomendação de Paulo. Mas e quando algo ruim acontece? Examinemos que aquele que escreveu isto era simplesmente Paulo, e ele tinha sido preso, açoitado, maltratado, havia sofrido todo tipo de males nos lugares em que passara ministrando o evangelho, e mesmo assim ele nos incentiva a ficarmos sempre alegres! Como assim? Paulo não vivia olhando as circunstâncias que o cercavam, vivia orando, louvando a Deus, praticando a palavra, ensinando a seus ouvintes, todo o tempo, e isto tudo o deixava feliz! Ele não se preocupava muito com o que estava acontecendo ao seu redor. Ele mostrava que a alegria de um verdadeiro cristão não está nas circunstâncias mas em Deus. Não está nas bênçãos que se está recebendo, mas Naquele que nos dá as bençãos! Se confiamos em Deus então temos motivos sempre para ficarmos alegres por tê-lo em nosso coração, não nos importando com o que está acontecendo ao nosso redor!
 
Mensagem do dia 12 / 12 / 2013: A paixão de Cristo

Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos. (Isaías capítulo 53, versículo 6)

Vendo um filme na televisão que mostrava a paixão de Cristo, vemos na parte da crucifixão, como o Senhor Jesus sofreu: levou chibatadas, colocaram uma cruz de espinhos em sua cabeça, sangue escorria por seu corpo todo, no lugar de água lhe deram vinagre na cruz, pregaram seus pulsos e pés... Jesus realmente sofre demais, sem ter cometido nada de errado! Jesus com todo o poder que tem poderia dar um basta em todo aquele sofrimento, mas não o fez! Ele tinha vindo para aquele momento, ao morrer naquela cruz levou sobre si todos os pecados de bilhões de pessoas que viriam a nascer após aquele acontecimento. Ele foi o sacrifício perfeito! Deus fez cair sobre ele, a iniquidade de todos nós! Agora Deus não aceita mais nenhum sacrifício pois deu o seu próprio Filho por todo aquele que reconhecer isso. Estava inaugurada uma nova era, o D.C, depois de Cristo, um marco na história mundial. Uma mudança radical para todo aquele que crer nesse sacrifício. O homem não poderia pagar a Deus a sua salvação, Jesus pagou por nós!
 

Mensagem do dia 16 / 12 / 2013: A maldição do homem moderno - por A.W. Tozer

Chegou para nós por e-mail um texto que gostaríamos de compartilhar para nossa reflexão:

"Existe uma maldição antiga que permanece conosco até hoje — a disposição da sociedade humana de ser completamente absorvida por um mundo sem Deus.

Embora Jesus Cristo tenha vindo a este mundo, este é o pecado supremo dos incrédulos, o qual levou o homem a não sentir — nem sentirá — a presença dEle que permeia todas as coisas. O homem não pode ver a verdadeira Luz, tampouco pode ouvir a voz do Deus de amor e verdade.

Temos nos tornado uma sociedade “profana” — completamente envolvida em nada mais do que os aspectos físico e material desta vida terrena. Homens e mulheres se gloriam do fato de que são capazes de viver em casas luxuosas, vestir roupas de estilistas famosos e dirigir os melhores carros que o dinheiro pode comprar — coisas que as gerações anteriores nunca puderam ter.

Esta é a maldição que jaz sobre o homem moderno — ele é insensível, cego e surdo em sua prontidão de esquecer que existe um Deus. Aceitou a grande mentira e crença estranha de que o materialismo constitui a boa vida. Mas, querido amigo, você sabe que o seu grande pecado é este: a presença eterna de Deus, que alcança todas as coisas, está aqui, e você não pode senti-Lo de maneira alguma, nem O reconhece no menor grau? Você não está ciente de que existe uma grande e verdadeira Luz que resplandece intensamente e que você não pode vê-la? Você não tem ouvido, em sua consciência e mente, uma Voz amável sussurrando a respeito do valor e importância eterna de sua alma, mas, apesar disso, tem dito: “Não ouço nada?”

Muitos homens imprudentes e inclinados ao secularismo respondem: “Bem, estou disposto a agarrar minhas chances”. Que conversa tola de uma criatura frágil e mortal! Isto é tolice porque os homens não podem se dar ao luxo de agarrar as suas chances — quer sejam salvos e perdoados, quer sejam perdidos. Com certeza, esta é a grande maldição que jaz sobre a humanidade de nossos dias — os homens estão envolvidos de tal modo em seu mundo sem Deus, que recusam a Luz que agora brilha, a Voz que fala e a Presença que permeia e muda os corações.

Por isso, os homens buscam dinheiro, fama, lucro, fortuna, entretenimento permanente ou apego aos prazeres. Buscam qualquer coisa que lhes removam a seriedade do viver e que os impeça de sentir que há uma Presença, que é o caminho, a verdade e a vida.

Eu mesmo fui ignorante até aos 17 anos, quando ouvi, pela primeira vez, a pregação na rua e entrei numa igreja onde ouvi um homem citando uma passagem das Escrituras: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim... e achareis descanso para a vossa alma” (Mateus 11. 28,29).

Eu era realmente pouco melhor do que um pagão, mas, de repente, fiquei muito perturbado, pois comecei a sentir e reconhecer a graciosa presença de Deus. Ouvi a voz dEle em meu coração falando indistintamente. Discerni que havia uma Luz resplandecendo em minhas trevas.

Novamente, andando pela rua, parei para ouvir um homem que pregava, em um cantinho, e dizia aos ouvintes: “Se vocês não sabem orar, vão para casa, ajoelhem-se e digam: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador”. Isso foi exatamente o que eu fiz. E Deus prometeu perdoar e satisfazer qualquer pessoa que estiver com bastante fome espiritual e muito interessado, a ponto de clamar: “Senhor, salva-me!”

Bem, Ele está aqui agora. A Palavra, o Senhor Jesus Cristo, se tornou carne e habitou entre nós; e ainda está entre nós, disposto e capaz de salvar. A única coisa que alguém precisa fazer é clamar com um coração humilde e necessitado: “ó Cordeiro de Deus, eu venho a Ti; eu venho a Ti!”

 

Mensagem do dia 20 / 12 / 2013: Posso todas as coisas? !?

Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. Filipenses capítulo 4, versículo 13

Hoje em dia faz muito sucesso e é bem constante a ministração nas igrejas de que o homem é um super homem, pode tudo! Mas será que foi isso mesmo que o apóstolo Paulo quis dizer quando escreveu esta passagem aos filipenses? Não se pode pegar uma linha seja em que texto for, e tirando-a do contexto, fazer toda uma explicação baseada somente nessa linha! O correto é sempre se basear no contexto, na situação em que foi escrita, na história em que ela estava engajada. Como se diz popularmente e muito sabiamente também: um texto fora do contexto vira pretexto!
Se lermos os versículos anteriores a este, veremos que Paulo estava passando por vários problemas sérios: perseguições, prisões, açoites, tudo por causa da palavra de Deus, a qual agora pregava para todos. De perseguidor de cristãos agora ele passara a ser perseguido como um deles! No início de sua conversão, inclusive, os cristãos temiam que ele fosse um espião, mas com o tempo este temor se dissipou completamente, devido as situações e perseguições que ele passou.

O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco.
Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade.
Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.
Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.
Filipenses 4:9-13

Paulo estava querendo dizer que tudo podia em Cristo que o fortalecia, mas exatamente o que ele podia: contentar-se com o que tinha, estar abatido, ter necessidade, ter abundância, ter fome ou fartura, tudo o que estava lhe acontecendo naquele momento e nos anteriores, ele tinha a Jesus para fortalecê-lo e nós podemos também! É exatamente isto que podemos! Claro que Deus é um Deus de milagres, Ele pode tudo em todos, sempre. Ele não tem começo nem fim, não há nada impossível para o nosso Deus. Ele é o criador do Universo! Mas Paulo estava querendo dizer exatamente isso, que mesmo sofrendo, mesmo sendo perseguido, tendo privações, ele se sentia fortalecido pois sentia que o Senhor Todo Poderoso estava com ele, o ajudando, o fortalecendo, o ajudando. Permitindo que a Palavra fosse pregada cada dia mais através de seus testemunhos e maravilhas que deixavam a todos os descrentes de olhos arregalados.
Podemos como Paulo também ser fortalecidos pelo Senhor! Tudo podemos suportar com Deus! Tempos bons, tempos ruins, em todo o tempo a presença do Senhor é que nos ajudará, nos fortalecerá.

 

Mensagem do dia 23 / 12 / 2013: Por que padecemos?

O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos. (Oséias capítulo 4, versículo 6)
Orai sem cessar. (Tessalonicenses capítulo 5, versículo 17)

Falta conhecimento ao povo de Deus! Porisso padecemos!
Toda luta na nossa vida tem um propósito de Deus para nós. E este propósito é que oremos todo o tempo. Este conhecimento falta ao homem, ou ele deliberadamente o rejeita.
Vejamos o exemplo de Jesus, o filho de Deus unigênito.
Jesus foi um homem de oração. Ninguém perguntou a Jesus como andar sobre as águas, como acalmar o mar, como multiplicar os peixes e pães, mas perguntaram a Ele como orar! Esta característica realmente era muito marcante em Jesus. Todos viam que ele praticava a oração constantemente. Este exemplo todos queriam seguir, pois viam no testemunho de Jesus, que Deus se agradava disso.
Esta também é hoje a saída para nossas lutas, pois da oração virá a vitória.
Deus quer que peçamos o que necessitamos a Ele! Embora Ele já saiba de tudo antecipadamente, mesmo assim ele quer este canal de comunicação sempre aberto entre Criador e criatura.
Muitos estão escravizados pelo pecado e se conformam com isso, com este tipo de vida. Mas não é isso que o Senhor quer deles! A presença de Deus deve ser uma realidade na vida deles, e isto vem pela oração, disciplinadamente falando e perseverantemente sendo feita!
A rotina diária tenta fazer com que o homem se sinta cansado, com que o homem se distraia em ocupações diversas, ansiedades, e toda sorte de preocupações. Mas o homem de Deus deve colocar logo cedo, como prioridade número um: todas as suas preocupações e ansiedades nas mãos do Senhor para que Ele cuide de tudo!
Está aí um conhecimento que é deixado de lado e isso faz com que o homem certamente padeça. Vença esta primeira barreira diária que o inimigo que lhe trazer e ganhará o dia, sem padecimentos!

 Veja mais ministrações e vídeos neste site

Projeto e Manutenção do Site

clauco@terra.com.br

Volta para página inicial