Mensagem do dia 04 / 06 / 2014: Renovando-nos a cada dia

As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim;
Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade.
A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto esperarei nele.
Lamentações 3:22-24

Deus é tremendo com suas misericórdias para conosco, elas não tem fim e se renovam a cada manhã! Jesus disse também que basta a cada dia o seu mal. Nada como um dia após o outro e contando com as misericórdias de Deus a cada dia, para nos fortalecer, nos animar, nos revigorar. O dia a dia realmente é um mistério. Não temos o poder de saber, por melhores que sejam as nossas projeções e planos, o que vai acontecer conosco no próximo minuto, bem que gostaríamos de poder antever o futuro, mas isso não é possível, nunca poderemos ter tal certeza. Porém podemos ter a certeza de que o Senhor está conosco o tempo todo e cuida de todos os detalhes de nossa vida, da vida daqueles que O tem como Senhor. O mar pode se agitar, as tempestades podem vir, mas após tudo isso vem a bonança. E como os discípulos se maravilharam ao ver como Jesus com suas palavras acalmou o mar turbulento que quase fazia naufragar o barco em que estavam, nós também nos maravilhamos com o poder de sua palavra e em como Ele pode cuidar de tudo ao nosso redor, inclusive da natureza, que aparentemente não tem controle. Mas para Deus tudo é possível! Esperemos portanto Nele, com total confiança de que as coisas irão melhorar. Os desertos que atravessamos não são infinitos, mas tem local determinado para acabar. Eles só nos provam, e nos fazem mais fortes a cada dia.

 

Mensagem do dia 17 / 06 / 2014: Leis e regras

E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo:
Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
Este é o primeiro e grande mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas. (Mateus 22:35 a 40)

Infelizmente temos todos que concordar que embora a humanidade tenha avançado bastante na parte científica e tecnológica, o mesmo não podemos dizer da parte ética e moral. Éticamente e moralmente a humanidade só tem se degradado através dos tempos e hoje em dia a situação é muito ruim. Podemos ver quantas leis foram criadas para obrigarem as pessoas a fazerem as coisas corretas. Se não as fizerem elas podem ser obrigadas a pagar multas e serem presas para responderem por seus crimes, quando isto não deveria acontecer, o homem deveria saber o que é certo e o que é errado e não fazer as coisas erradas. Como Jesus disse toda a lei e mandamentos estão resumidos em dois argumentos somente: amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo! Agindo desta forma não haveria necessidade de leis e regras para que os homens as cumprissem. Eles deveriam pelo amor a Deus e ao semelhante se comportarem de modo exemplar. Com a vinda de Jesus, toda a lei mosaica, tudo o que foi dito pelos profetas, foi resumida nestes dois mandamentos, e todos os homens a partir de então tem que seguí-los para ficar em comunhão com o Criador, agradar a Deus e viver bem em sociedade junto ao seu próximo.

 

Mensagem do dia 18 / 06 / 2014: Aquietai-vos

Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra. Salmos 46:10
E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança. Marcos 4:39

Há momentos em nossa vida em que poderemos acabar ficando muito inquietos com as coisas, com as situações que nos cercam, com ansiedades, medos do momento presente e também do futuro. Essas inquietações não nos fazem nada bem, não nos ajudam em nada, muito pelo contrário, só atrapalham. Temos que ter uma certeza inabalável em nossa vida: com Deus, com Jesus em nosso barco, não temos porque nos aquietarmos! Devemos sim ficar bem tranquilos e confiantes de que qualquer situação não nos impedirá de prosseguirmos, de que nenhum medo tem razão de ser, afinal o Senhor está conosco! Aqueles pescadores estavam num barco agitado pelos ventos e pelas ondas de um mar revolto, enquanto Jesus dormia, e estava naquela mesma situação que eles estavam. Como poderiam naufragar? Jesus estava entre eles! Se você entregou sua vida para Deus, pode ter certeza de que Ele olha por você, é um Deus cuidadoso, e tem um plano para sua vida. E todas essas ansiedades e medos não tem razão de ser. Portanto devemos nos aquietar, e deixar que o Senhor faça o que for necessário para o nosso viver, pois todas as coisas realmente cooperam para o nosso bem.

 

Mensagem do dia 24 / 06 / 2014: A proposta de Jesus

E, partindo Jesus dali, foi para as partes de Tiro e de Sidom.
E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.
Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós.
E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.
Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me!
Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos.
E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores.
Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã.
Mateus 15:21-28

Quando o SENHOR teu Deus te houver introduzido na terra, à qual vais para a possuir, e tiver lançado fora muitas nações de diante de ti, os heteus, e os girgaseus, e os amorreus, e os cananeus, e os perizeus, e os heveus, e os jebuseus, sete nações mais numerosas e mais poderosas do que tu;
E o Senhor teu Deus as tiver dado diante de ti, para as ferir, totalmente as destruirás; não farás com elas aliança, nem terás piedade delas; Deuteronômio 7:1-2

Uma mulher implora a Jesus o seu socorro, pois sua filha estava endemoninhada terrivelmente, e com certeza dava muito trabalho e muita tristeza para sua mãe. Havia uma certa ordem nas prioridades do mestre Jesus, Ele queria atender primeiramente as ovelhas perdidas de Israel, e aquela mulher não fazia parte desse grupo, pois era cananéia. Os cananeus foram abominados por Deus, por sua idolatria, conforme mostrado nos versículos acima de Deuteronômio. Assim Jesus lhe disse sobre não pegar o pão dos filhos e dar aos cachorrinhos. Ou seja, o que era para os judeus era para os judeus. Mas quando ela respondeu que os cachorrinhos comiam das migalhas que caiam da mesa de seus senhores. Ela havia compreendido exatamente o que Jesus lhe havia dito, o que Jesus lhe havia proposto. Mesmo ela sendo pecadora, reconheceu sua posição, reconheceu a majestade e a autoridade de Jesus, e lhe pede compadecidamente por socorro, pede por uma migalha que sabe que não merece obter! Sabe que não merece nada de Jesus, por ser cananéia.
Mas reconhece quem é Jesus, o Senhor! E isto causa admiração em Jesus, que imediatamente cura a filha dela, mesmo estando distante daquela cena, e daquele diálogo.
Esta é uma grande lição para nós também hoje em dia, não podemos chegar a Jesus e lhe pedir algo como se tivéssemos o direito de pedir, e Ele a obrigação de nos dar. Nós não merecemos nada!
Se não fosse por sua misericórdia, não teriamos e nem seríamos nada também.
Como aquela mulher devemos rogar-lhe a bênção imerecida, pela Sua infinita graça. E para os que se humilham o Senhor os exalta!

 

Mensagem do dia 30 / 06 / 2014: Jesus o Filho de Deus!

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Filipenses 2:5-9

Deus exatou a seu filho Jesus soberanamente e lhe deu o nome que é sobre todo o nome! Jesus havia descido dos céus para viver entre os homens, para se tornar o sacrifício perfeito para que Deus perdoasse a todo aquele que nele cresse. Mesmo sendo igual a Deus, nunca quis usurpar o lugar do Pai, mas humilhou-se e veio a este mundo para servir, para ensinar aos homens como se achegar ao Pai, como agradar ao Senhor, como viver como varões que são obedientes a Deus. Jesus em vários lugares aonde passou, curou a muitos, e em certos lugares a todos. Mesmo tendo todo esse poder, sempre se manteve submisso ao Pai, em comunhão com o Criador, orando o tempo todo, e manifestando dessa forma como o Pai quer que seus filhos também sejam. Ele fazia seus sinais e maravilhas, por amor aos homens, por amor a nós. Nós, temos portanto que seguí-Lo, temos que ter a mente de Cristo, para nos achegarmos ao Senhor. Certos de que não merecemos nada disso, como até João Batista mesmo, primo de Jesus, disse que não era digno nem de desatar a correia de suas sandálias. Mas Deus em sua infinita misericórdia, nos enxerga através de Jesus, e por isso é que somos justificados.

 Veja mais ministrações e vídeos neste site

Projeto e Manutenção do Site

clauco@terra.com.br

Volta para página inicial